Não fazer etics

O que não deve fazer em sistemas ETICS (Capoto)

São muitas as situações em que surgem patologias associadas aos sistemas de isolamento térmico pelo exterior (ETICS) que poderiam perfeitamente ser evitadas já que muitas delas entram simplesmente nas boas práticas em sistemas ETICS e outras são bastante do senso comum.

Tempo de chuva

Tempo de chuva

Os sistemas de isolamento térmico pelo exterior (ETICS) devem ser aplicados com tempo seco e os locais não devem estar sujeitos ao vento, à incidência direta da luz solar e da chuva. Se por um lado o vento e a incidência solar podem influenciar a secagem progressiva dos materiais nas várias etapas, a chuva, pode provocar uma necessidade de corrigir os trabalhos devido aos escorrimentos dos materiais.

Comportamento ao fogo

Comportamento ao fogo

Sendo acima de tudo uma preocupação com a segurança, mas que infelizmente tem atualmente muito a ver com projeto, nomeadamente na prescrição de soluções ETICS com melhor comportamento ao fogo, pelo menos nos locais onde essa necessidade seja importante de salvaguardar. Os sistemas ETICS projetados para utilizarem lã de rocha ou de vidro, permitem soluções com melhor comportamento ao fogo e assim implementar mais facilmente as necessárias medidas e critérios de evacuação, quando aplicável.

Barramento armado

O barramento armado tem como finalidade principal dotar o sistema ETICS de resistência mecânica, nomeadamente revestindo as placas de isolamento, de forma a apresentar uma base adequada para a aplicação do revestimento final.

Barramento armado 1

O barramento armado NUNCA deve ser realizado com a rede encostada diretamente ao isolamento com posterior aplicação da argamassa do sistema ETICS. Esta forma (INCORRETA) não garante que toda a rede em fibra de vidro está envolvida pela argamassa além de que dificilmente se conseguirá que fique posicionada no meio do barramento (3-4mm).

Barramento armado 2

O barramento armado deve ser realizado incorporando a rede em fibra de vidro numa camada de argamassa fresca aplicada nas placas de isolamento. Numa posição ideal a rede em fibra de vidro deve estar localizada no meio do barramento armado.

Juntas entre placas de isolamento

Juntas entre placas de isolamento 1

Nunca se deve preencher as juntas das placas de isolamento com a argamassa do sistema ETICS.

Juntas entre placas de isolamento 2

Na necessidade de preencher espaços entre placas de isolamento deve utilizar pequenos pedaços do mesmo isolamento. Como alternativa pode ser utilizada espuma de poliuretano (em sistemas EPS apenas).

Tipo colagem, colagem por pontos?

Tipo colagem 1

A argamassa de colagem, deve preencher pelo menos 60% das placas de isolamento e deve ser realizada através de cordão perimetral com 3-5cm e com 3-5 pontos no meio da placa de isolamento.

Tipo colagem 2

Ficará assim cada placa de isolamento “fechada” da placa de isolamento adjacente e, ao não existir uma camada de ar de alguns mm por trás das placas de isolamento de forma generalizada, diminuirá não apenas o stress mecânico em situações de vento como diminuirá a probabilidade de ocorrerem condensações nos poucos mm existentes por trás das placas de isolamento.

Limpeza da base de aplicação

Limpeza da base de aplicação

É importante garantir a melhor aderência, especialmente em intervenções em edifícios existentes. Devem ser removidos quaisquer materiais que possam comprometer a aderência, o que em muitos casos passa por uma lavagem com jato de água.

Reforço de pontos singulares

Reforço de pontos singulares

Sendo acima de tudo uma preocupação com a segurança, mas que infelizmente tem atualmente muito a ver com projeto, nomeadamente na prescrição de soluções ETICS com melhor comportamento ao fogo, pelo menos nos locais onde essa necessidade seja importante de salvaguardar. Os sistemas ETICS projetados para utilizarem lã de rocha ou de vidro, permitem soluções com melhor comportamento ao fogo e assim implementar mais facilmente as necessárias medidas e critérios de evacuação, quando aplicável.

Revestimentos cerâmicos/pedra

Revestimentos cerâmicos/pedra

Em diversas situações é previsto em projeto um revestimento “pesado” tendo por base um sistema “tipo” ETICS. Dependendo de uma grande variante de circunstâncias, onde o peso será uma das mais determinantes, tal abordagem, pode ter consequências no futuro, nomeadamente a queda do revestimento o que em algumas situações também pode ser um problema se segurança. Como alternativa aos revestimentos pesados aconselhamos uma avaliação de revestimento flexíveis (mais seguros pois são mais leves) que imitam os produtos naturais: www.revesthe.pt.

Fixação mecânica

Fixação mecânica

A fixação mecânica com buchas (de prego plástico ou metálico) servem como complemento à colagem em situações que assim o exijam: edifícios existentes, locais ventosos e/ou desprotegidos, edifícios mais altos, etc. É importante que a fixação mecânica seja bem realizada e que seja assegurada uma efetiva fixação tendo em conta o tipo de bucha, tipo de base e espessura de isolamento utilizada. Qualquer fixação mecânica não eficiente deve ser removida e preenchida com espuma de PU..

Rede em fibra de vidro

Rede em fibra de vidro

A rede em fibra de vidro enquanto componente dos sistemas de isolamento térmico pelo exterior (ETICS) desempenha uma função muito importante na resistência mecânica final da solução. A rede em fibra de vidro deve ter propriedade anti-alcalinas. É importante descartar produtos de baixa qualidade já que em muitas situações pode comprometer a integridade do sistema ETICS aplicado. Optar sempre pela rede que consta no certificado de conformidade da marca de ETICS utilizada.

Sistemas ETICS

© Copyright 2022 Sistemas ETICS - Todos os direitos reservados